Magrini Artes » Blog Archive » Jana Brike em cenas reais e irreais…
27
fev
2014
Categorias: Artistas
Jana Brike em cenas reais e irreais…

Oi amores feliz dia todo <3

Hoje no blog vamos conhecer um pouco das belas e ousadas obras de Jana Brike artista que nasceu em 1980 na Letônia no norte da Europa, seus pais engenheiros que trabalhavam no Instituto de Ciência Soviético…

 

Jana Brike e suas obras

 

Jana Brike arista visual

 

…Sonhadora e bastante solitária Jana foi à busca de ocupações e começou a pintar o realismo russo, sua inspiração eram os incríveis mestres da animação soviética, as imagens dos cartões postais religiosos…

 

Em 1995 começa a experimentar possibilidades e em busca de seu próprio caminho começa a criar um mundo de sonhos e imagens assombrosas tentando descrever a poesia cheia de simbolismos de magia do cotidiano irreal e bizarro em que vivia ou até em que vivemos…

 

…Suas obras são limpas, básicas chegam a ser minimalistas…

 

close de sua obra
forte e expressiva

 

“Weavers”
60 x 80 cm

 

“A Rainha Naked”
Para “Something Wicked This Way Comes” exposição, Cella Gallery,
Los Angeles, EUA, com curadoria de Stephanie Chefas de 2013

 

“The Sting”
Para “Something Wicked This Way Comes” exposição, Cella Gallery,
Los Angeles, EUA, com curadoria de Stephanie Chefas de 2013

 

“Meu Milkman pouco”
Para “Ir com o fluxo” de exposição, Lucca, Itália 2012
Com curadoria de Bonelli Arte Gallery

…Para mim suas obras são tão contemporâneas atuais, me fazem pensar analisar, não sei bem explicar apenas que além de muita simplicidade nos traços existe domínio da pintura e uma segurança no que ser falar e expressar!

 

“New Beginnings”
{Inspirado em “fim da infância”, de Dario Marianelli por “Jane Eyre” filme}
Para “Painted Sound” exposição, Flor Pimenta Gallery, Los Angeles, EUA, 2013

 

“After Dark”
Para o show Blab, Copro Gallery, em Los Angeles, EUA, com curadoria de Monte Beauchamp, 2012

 

“Os sonhos molhados”
na última galeria Rites, New York, EUA,
Beinart Surreal espetáculo coletiva, com curadoria de Jon Beinart de 2012

 

…Sabe galera, eu não acredito simplesmente na obra de arte como o “belo” a arte tem muitas funções mas o fato é que ela sempre nos “desloca” para lugares que muitas vezes não são agradáveis e outros que nos tiram o fôlego o importante é que a arte ao ser observada tem de ser respeitada, mesmo que eu a odeie ela é independente do meu olhar…

 

“Auto-Retrato com Erguido Tail”
Óleo sobre tela
“Anomalias” na galeria Copro, Los Angeles, EUA,
Beinart Surreal espetáculo coletiva, com curadoria de Jon Beinart de 2012

 

“The Last Breath of Emily”
Para o show Blab, Copro Gallery, em Los Angeles, EUA, com curadoria de Monte Beauchamp, 2011

 

Eu amo!

Tem suas obras vendidas em grandes feiras de arte por toda Europa, (Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Itália, França, Rússia, Finlândia, Bielorrússia, Suíça e muitos outros locais).

Jana trabalha com vários  matérias desde graffiti, canetas, tintas acrílica s/ tela, enfim…

Suas obras falam muito de si e dos seus desejos…

http://www.janabrike.com/

http://www.facebook.com/jana.brike

 

 

 

 



0











fevereiro 2014
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728